Recentes altas estão atreladas à maior demanda por animais de reposição em janeiro

Os preços do bezerro (nelore de 8 a 12 meses) estão em ritmo de recuperação e/ou firmes neste início de ano na maior parte dos 11 estados acompanhados pela Equipe de Pecuária do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq USP).

Segundo colaboradores, estas recentes altas podem estar atreladas à maior demanda por reposição neste início de ano que, por sua vez, se devem à recuperação nos preços da arroba do boi gordo no encerramento de 2017 e à melhora nas pastagens em muitas regiões produtoras.

Já quando considerado o preço médio do animal de reposição em 2017 em relação ao do ano anterior, no entanto, verifica-se queda em todos os 11 estados acompanhados pelo Cepea (SP, MT, MS, MG, PR, RS, GO, RO, PA, TO e BA).

Esses recuos generalizados podem estar atrelados, especialmente, à maior oferta de animais para reposição no correr do ano passado. Vale lembrar que 2017 foi turbulento para o setor pecuário, devido à operação “Carne Fraca” e à delação do maior player do setor. Com isso, os valores da arroba recuaram com força naquele ano, principalmente no primeiro semestre. Esse contexto pode ter desanimado produtores de recria, que deixaram de fazer a reposição.

Fonte: Cepea

Fonte: DBO

Notícias