Criatório de Alegrete ficou na primeira posição tabelas de Melhor Expositor e Melhor Criadores de argola

A Estância da Guarita, do criador Sérgio Malheiros da Fonseca, foi a grande vencedora do Ranking Nacional de Expositores e de Criadores da Raça Angus de 2017 entre os animais de argola. A Cabanha, situada em Alegrete, RS, e que já havia vencido o Ranking Nacional de Expositores em 2016, vinha em uma disputa acirrada com a Fazendas Reunidas Pansul, Fazenda São Marco, de Itapeva, SP, que finalizou o ranking como vice campeã nacional de Expositores de Argola. Já no Ranking de Criadores de Argola, o vice-campeão foi o criador Roberto Soares Beck, da Estância do Espinilho, de Cruz Alta, RS.

Entre os rústicos, a grande vencedora do Ranking Nacional foi a Cabanha Soldera, dos Irmãos Soldera, de Panambi, RS, que recebe a premiação de forma inédita. Como vice-campeã do Ranking Nacional de Rústicos ficou a Estância Tradição, da Parceria Rotta Assis, de Santa Vitória do Palmar.

A premiação é uma promoção da Associação Brasileira de Angus que destaca o trabalho apresentado pelos criatórios em exposições ao longo de 2017, em diferentes regiões do país, e que, além de estimular uma saudável competitividade, busca fomentar um maior número de criadores participantes de exposições.

Segundo o presidente, José Roberto Pires Weber, é um reconhecimento importante para as cabanhas uma vez que coroa anos de esforço em aperfeiçoar a genética apresentada. “Sinaliza que estamos no caminho certo e que a genética desenvolvida teve a chancela de diferentes jurados em exposições Brasil afora”, ressaltou. Os troféus aos premiados serão no dia 14 de dezembro na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre. Na ocasião, será conhecido o vencedor do Mérito Genético 2017, prêmio concedido ao criatório destaque em melhoramento genético.

Estados - Além do ranking nacional, a Angus também promove disputas estaduais, que buscam fomentar a participação e promoção de exposições regionais. No Rio Grande do Sul, a vitória dos animais de elite repetiu o desempenho do ranking nacional com vitória da Estância da Guarita, do criador Sérgio Malheiros da Fonseca, seguida pelo criador Roberto Soares Beck, da Estância do Espinilho, no Ranking de Expositores e Criadores de Argola.

Nos rústicos, a premiação máxima ficou com a Cabanha Soldera, dos Irmãos Soldera, de Panambi, seguida da Parceria Rotta Assis, da Estância Tradição, de Santa Vitória do Palmar.

Em Santa Catarina, o destaque do ranking estadual de expositores e de criadores de argola foi para a propriedade 3 Marias Agropecuária, do criador Dorival Carlos Borga, de Videira. A vice-campeã é a Fazenda Renascença, de Nelson Serpa, de Campos Novos. Nos rústicos, destaque para a Cabanha Floripana, de Urupema, de Stephany Martins Melo dos Santos. Na segunda colocação ficou a Fazenda São Raimundo, de Francisco Antônio Mendes, de Água Doce.

No Paraná, a Estância Ponche Verde, de José Filippon, de Guaraniaçu, venceu o ranking estadual de criadores de argola, seguida pela Fazenda Stein, de Rogério Francisco Stein, de Nova Laranjeiras, que ficou como vice campeão de Criadores.

Já no Ranking de Expositores a ordem inverteu, ficando como Campeão do Ranking de Expositores do Paraná Rogério Stein, proprietário da Fazendas Stein, e vice campeão o criador José Filippon, da Estância Ponche Verde, que também sagrou-se Campeão do Ranking de Rústicos do Paraná, seguido por Rogério Stein, que ficou como vice campeão de rústicos daquele estado.

Em São Paulo, a premiação de campeão do Ranking de Criadores de Argola ficou com a Casa Branca Agropastoril, de Fama, do criador Paulo de Castro Marques, que também foi premiada como vice campeã do Ranking de Expositores de Argola em São Paulo.

Já a Fazendas Reunidas Pansul, Fazenda São Marco, de Itapeva, foi a campeã do Ranking de Expositores de Argola de São Paulo. A Agropecuária Fumaça, de Paranapanema, foi a vice campeã do Ranking de Criadores de Argola de São Paulo.

Fonte: Angus

Fonte: dbo

Notícias