Para chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, sustentabilidade é um fato consumado

O chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo Boechat Morandi, destacou que as startups mudaram o mercado de biopesticidas do país e que a sustentabilidade intensifica uma tendência de avanço da biotecnologia. Ele ressaltou que o respeito ao meio ambiente gera oportunidades de crescimento econômico e eficiência produtiva, citando certificações de origem, geográfica, de produto e rotulagem ambiental. "Sustentabilidade é um fato consumado; não dá para escapar dela", assinalou.

O representante da Embrapa ressaltou que o Brasil já tem 11 milhões de hectares com algum dos tipos de integração previstos na Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). "Tem-se verificado que o sistema ILPF possibilita resiliência ao ambiente muito maior nas áreas em que é adotado", destacou, citando a resistência das culturas a períodos de déficit hídrico.

Pecuária - No evento, o presidente do Grupo de Trabalho de Pecuária Sustentável (GTPS), Ruy Fachini, afirmou que um dos objetivos da organização é promover sustentabilidade na cadeia pecuária. "A meta é aumentar a produção pecuária de forma sustentável", afirmou durante o painel Sustentabilidade dá dinheiro: As oportunidades do mercado verde, no Summit Agronegócio 2017.

Fachini ressaltou que o grupo realiza programas de capacitação de pecuaristas que promovam a melhoria das técnicas de produção. "Queremos o pecuarista trabalhando em conjunto com a indústria", disse.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: dbo

Notícias