Segundo Abrafrigo, importadores já questionam a capacidade de cumprimento dos prazos

A Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) estimou que, com a paralisação dos caminhoneiros, o setor de carne bovina deixou de movimentar nestes últimos nove dias R$ 4,5 bilhões tanto nas operações para o mercado interno como nas exportações. O 

presidente executivo da entidade, Péricles Salazar, disse, em nota, que os países importadores já começam a questionar a capacidade do País de cumprir os contratos de exportação.

“Eles começam a se movimentar para cancelar ou considerar extintos estes contratos”, informou Salazar. De acordo com a Abrafrigo, a previsão era de que o Brasil chegasse a um total de exportações próximo de US$ 7 bilhões em 2018, com crescimento de 10% sobre o ano passado.

Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO.


Foto:  Pixabay

Fonte: dbo

Notícias