A Diretoria da Sociedade Rural de Maringá recebeu hoje (10) a visita do presidente e do diretor executivo da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Marcelo Vieira e João Adrien Fernandes, respectivamente. Em uma reunião que durou cerca de duas horas, os representantes das duas entidades debateram pautas do agronegócio e formas de promover aproximação com os produtores rurais.

Marcelo Vieira disse que a SRB tem a preocupação de ouvir a classe produtora para entender melhor os seus anseios, necessidades, e defender os seus direitos. “Essa visita é parte do nosso plano de buscar alinhamento das pautas e fortalecer as lutas do setor. É importante entender as prioridades dos produtores e a partir disso dar encaminhamento mais efetivo às questões”, afirmou.

O diretor executivo da entidade, João Fernandes, listou uma série de temas que estão entre as atuais preocupações da Sociedade Rural Brasileira. Falou das obrigações do novo Código Florestal Brasileiro, do pagamento dos atrasados do Funrural e do aumento do ITR (Imposto Territorial Rural) nos últimos anos, afirmando que são questões que exigem bastante da classe produtiva.

Segundo Fernandes, a representação política da entidade é importante. Precisamos estar atentos e unidos para influir nas políticas públicas do setor”, disse ele, ao lembrar a necessidade, também, de melhorar a segurança no campo.

A presidente da Sociedade Rural de Maringá, Maria Iraclézia de Araújo, falou da importância do contato para estreitar as relações e solicitou que a SRB venha outras vezes ao Paraná.

 Ao final, as duas entidades firmaram o compromisso de voltar a conversar e organizar um encontro das sociedades rurais do Paraná e produtores, durante a Expoingá 2018, a fim de levar as discussões adiante e criar uma pauta em defesa dos interesses do segmento.

 

 

 

 


Fonte: Assessoria de Imprensa SRM

Notícias